Assinatura RSS

Ata de posse de Argollo não tem valor legal

Publicado em

Ata-Posse-Argollo-1

Mais uma demonstração da sede de poder a qualquer custo, marca registrada de Paulo de Argollo Mendes. Atropelando a Justiça, que ainda não havia se pronunciado sobre a ação movida pela Chapa Renovação Médica — e que provavelmente iria ocorrer ainda no mês de janeiro deste ano — o que se confirmou (leia aqui), o presidente do SIMERS resolveu tomar posse. Mesmo sem eleições, apenas com a decisão arbitrária e antidemocrática de sua Comissão Eleitoral, Argollo redigiu sua ata de posse e registrou-a em cartório especifico, seguindo os trâmites burocráticos regimentais — como se tudo estivesse correto. Apesar do registro, a ata não tem nenhum valor legal. A democracia, a ética, o desejo da categoria, a transparência, decididamente são alheias a atual gestão do Sindicato.

Clique aqui para ler a Ata de Posse registrada por Argollo

O ato de Argollo, uma mistura de desrespeito e desespero, também tem outro propósito: legitimá-lo jurídica e administrativamente como presidente. Pelo estatuto em vigor, a diretoria para o triênio 2013/2015 deveria ter sido definida até o dia 31/12/12. As artimanhas políticas de Argollo para permanecer na presidência, no entanto, criaram este “vácuo de poder”. Como ficam, por exemplo, as homologações de Acordos Coletivos que esperam o arquivamento na Delegacia Regional do Trabalho? Sem ele, os médicos ficam sem os benefícios e reajustes contemplados nas CCTs e ACTs. Como o prazo de vigência do representante sindical expirou… E as assinaturas em cheques e outros pagamentos bancários? Qual é a representatividade diante das instituições financeiras destes diretores responsáveis pelo Sindicato?

A Chapa Renovação Médica sempre buscou o direito fundamental de cada associado decidir, por meio do voto, quem deve comandar seu Sindicato. Temos nossas propostas e elas são claras quanto à renovação de membros diretivos e à continuidade de mandatos. Infelizmente, elas não “batem” com o que pensa, e como age a atual direção do SIMERS.

Nossas propostas

Revisão e alteração dos estatutos do SIMERS para:

– Permitir apenas uma reeleição do(a) presidente.

– Regulamentar o processo eleitoral, inclusive no que se refere à data de realização das eleições, local de publicação dos editais e constituição da comissão eleitoral.

– Estimular a profissionalização de diretores apenas por tempo parcial.

– Estimular a profissionalização de diretores.

– Permitir a profissionalização apenas de diretores que comprovem a atuação efetiva como médicos (estejam “na ativa”).

– Tornar obrigatória uma nova eleição em caso de desligamento da diretoria, por qualquer causa, de mais de 50% dos membros eleitos da direção executiva.

– Impedir a nomeação e posse de diretores não eleitos regularmente.

Anúncios

»

  1. robson martins pereira

    apoio voces

    Resposta
  2. PARABÉNS A CHAPA DE OPOSIÇÃO.continuem nesta luta vitoriosa para restabelecer a ética e democracia no nosso SINDICATO.

    Resposta
  3. Pingback: Justiça obriga SIMERS a reabrir eleições « Renovação Médica

  4. Pingback: Argollo e a fraude do duplo Conselho « Renovação Médica

  5. Pingback: Fundo de Aposentadoria do GHC: há 15 anos no colo de Argollo « Renovação Médica

  6. Pingback: Dê um fim ao desrespeito de Argollo | Renovação Médica

Queremos saber a sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: